Das dificuldades do casamento e algumas soluções

A vida a dois é realmente muito difícil e repleta de circunstancias e situações que a fazem ser melhor ou pior. Muitos casamentos se desgastam com o decorrer dos anos e outros, vêem a cor, a doçura, o brilho e o prazer se perderem e nunca mais se recuperarem.

Voltaire, filósofo francês, já dizia que a solução para o casamento, desde quando ele tornou-se instituição, seria o divorcio, o que demonstra que desde muito tempo atrás, as pessoas sempre tiveram em mente que a maneira mais fácil de resolver seus problemas conjugais é desistindo de buscar a solução para eles.

São muitas as coisas que nos dias de hoje atrapalham ou geram problemas no casamento, algumas considerações são, o envelhecimento do parceiro, seja homem ou mulher, a falta de dinheiro causada pelo desemprego que diminui o status adquirido colocando algumas limitações no consumo, o apelo sexual cada vez mais intenso, com ofertas de mulheres em busca de aventuras na tentativa de destruir lares alheios.

O conceito de que o compromisso não é importante e de que aliança é algo ultrapassado, e digo aliança no coração, que expressam a singularidade e a fidelidade de um para com o outro. A chegada da mulher mais massificadamente ao mercado de trabalho, é um incentivo para que troquem seus lares em busca de uma melhor condição de vida, esquecendo-se dos desdobramentos que isso terá em seu casamento e na educação de seus filhos.

Não que eu seja contra esse espaço que as mulheres vêem adquirindo, mas, sou contra a ordem de prioridades tanto delas quanto dos homens, quando a família e o relacionamento vão se perdendo em conseqüência disso. A internet é uma das vilãs nesse casamento pós moderno, inúmeros sites de relacionamento e chats apresentam mulheres que estão a procura de aventuras sexuais o que serve para desfazer muitos laços matrimoniais que juraram que somente a morte os separaria.

O ciúmes o destempero emocional, a traição descarada, a falta do dinheiro e a busca por uma vida melhor sabe-se lá como e aonde, tem levado pessoas a se estranharem após anos de convivência. O desequilíbrio financeiro tem diminuído o compromisso por conta do aumento das dívidas nem sempre sabido por um dos conjugues, o que depois acaba também por abalar o relacionamento, por causa da traição sentida por um dos lados, com a omissão do outro.

São tantas as causas que provavelmente não caibam em nosso espaço, mas, o que gostaria de ponderar sobre isso, se de repente seu casamento se enquadra em algum desses comentários, é que aja por parte de você irmão e amigo, uma tomada de posição, que venha reverter essa situação caótica de seu casamento arrebentado pelo descompromisso e o descaso pela palavra de Deus.

As Escrituras nos ensinam que um casamento abençoado começam quando o casal busca o enchimento do Espírito Santo, Ef5.18, o que restaura a comunhão, o diálogo a partir do perdão e da reconciliação advindos da sujeição ao Senhor. Não é uma sujeição aos nossos valores e vontades, mas uma sujeição ao Senhor, trazendo perdão, confissão de pecados, expondo a verdade de uns para com outros. Não exija de seu conjugue o que a bíblia condena e que cada um busque agradar a Deus em seus relacionamentos, algo que sem dúvidas trará uma nova dimensão no aparentemente fracassado casamento.

Que é difícil a vida a dois é, mas que é fascinante vencer as adversidades da vida, vendo a vontade de Deus imperando em nosso coração, trabalhando em nossa alma, nos tornando melhores servos uns dos outros, também é. Você pode inclusive dizer: Preciso de um milagre para que meu casamento volte a ser vibrante e apaixonante como era, ou para eu vencer alguns problemas inclusive citados acima. E eu quero dizer para você o seguinte: Se é milagre que você precisa, então é em Cristo que você deve buscá-lo. Deus nos abençoe.

Tags: , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma Resposta